brazino777

Sindicatos de vestuário representam a Bahia em intercâmbio setorial da CNI

O Intercâmbio é uma iniciativa do projeto Associa Indústria, que integra o Programa de Desenvolvimento Associativo, uma parceria da CNI, com Federações e o SEBRAE

As presidentes do Sindvest de Salvador e Região, Eunice Habibe e de Feira de Santana e Região, Dilma Portugal, representaram a Bahia no Intercâmbio de Lideranças Setoriais da Indústria do Vestuário, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta quarta-feira (04.06), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso do Sul (FIEMS), em Campo Grande.

O Intercâmbio é uma iniciativa do projeto Associa Indústria, que integra o Programa de Desenvolvimento Associativo, uma parceria da CNI, com Federações e o SEBRAE. O objetivo é fomentar a troca de experiências de gestão entre presidentes de sindicatos da indústria de vários estados brasileiros, nos campos de gestão sindical, defesa de interesses, negociação coletiva e prestação de serviços.

Durante o encontro, que reuniu 23 presidentes de sindicatos de vestuário de 18 estados, foram apresentadas as boas práticas das ações desenvolvidas pelo Sindvest/MS, como diferencial e referência para outros estados. Os líderes sindicais discutiram ainda a priorização de desafios e proposição de soluções.

As dirigentes baianas se mostraram entusiasmadas com o encontro. “O evento permitiu a troca de experiências, criando um ambiente de aproximação não só com os sindicatos de todo o país, mas também com os parceiros”, afirmou Dilma Portugal. “O encontro nos abriu um mundo de possibilidades, tanto para a liderança sindical, quanto no âmbito empresarial, sobretudo para buscarmos soluções conjuntas para problemas comuns, em todo o brasil”, completou Eunice Habibe.

Este foi o primeiro de uma série de encontros, previstos pela CNI, do Intercâmbio de Lideranças Setoriais da Indústria, que envolverá segmentos industriais distintos.

Relacionadas

Leia mais

Boas práticas em gestão sindical são apresentadas na FIEB
Brasil corre o risco de ser superado pela Argentina no ranking da competitividade, aponta estudo da CNI
Curso Técnico Vestuário EAD

Comentários

brazino777 Mapa do site