brazino777

Faturamento da indústria cresce em fevereiro, mas não evita retração da atividade

A indústria operou em fevereiro com 79,7% da capacidade instalada, o nível mais baixo desde fevereiro de 2009

O aumento de 1,9% em fevereiro em relação a janeiro não foi suficiente para caracterizar uma recuperação do faturamento real da indústria. Mesmo com a alta, o indicador medido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) está 9,6% inferior ao de fevereiro de 2014.

A pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta terça-feira (31), mostra que a contração na atividade industrial se reflete nos índices que medem a utilização da capacidade instalada e as horas trabalhadas na produção - a redução foi de 1,2 ponto percentual e de 0,5%, respectivamente, em relação a janeiro. A indústria operou em fevereiro com 79,7% da capacidade instalada, o nível mais baixo desde fevereiro de 2009. 

"Os dois primeiros meses de 2015 sugerem que será um ano de muita dificuldade para o setor industrial. A atividade se encontra em um nível muito baixo. Além do ajuste fiscal em curso, é necessário que o governo sinalize que serão tomadas medidas estruturantes para estimular uma reação do setor industrial", afirma o gerente-executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco. 

Em entrevista à Agência CNI de Notícias, Flávio Castelo Branco fala da expectativa para os próximos meses. Ouça clicando aqui.

MENOS EMPREGOS - A contração na atividade se converteu em queda nos postos de trabalho. O indicador de emprego diminuiu 0,1% entre fevereiro e janeiro, depois de três meses sem cair. A retração chega a 3,8% em relação ao mesmo mês de 2014. "O emprego apenas reflete o quadro de desaquecimento do setor", completa Castelo Branco. 

Mesmo com a redução no emprego, a massa salarial e o rendimento médio, ambos reais, aumentaram 0,4% em relação a janeiro, apesar de se manterem abaixo dos níveis registrados em fevereiro de 2014. A massa salarial real reduziu 4,6% e o rendimento médio real, 0,8% quando se compara com o resultado de fevereiro do ano passado. 

SAIBA MAIS - Acesse a página dos Indicadores Industriais para todos os detalhes da pesquisa. 

Relacionadas

Leia mais

Empresários de Mato Grosso do Sul debatem desenvolvimento com uso racional da água
SENAI e instituto alemão firmam acordo para acelerar inovação nas indústrias brasileiras
Confira as mais lidas da Agência CNI de Notícias entre 20 e 26 de novembro

Comentários

brazino777 Mapa do site