brazino777

Estudantes de Mato Grosso desenvolvem soluções criativas para desafios globais

O objetivo é estimular o interesse de estudantes para a criação de soluções criativas aos mais diversos desafios mundiais nas áreas de energia, educação, agricultura, comunicação e saúde

O bloco de concreto com adição de raspas de borracha foi desenvolvido por estudantes do curso técnico em Edificações."Nosso objetivo foi encontrar um destino mais útil aos pneus que são jogados fora", revela Luana Fernandes

Imagine um sistema de irrigação inteligente, que defina automaticamente quanto de água necessita cada terreno, sem escassez ou desperdício do recurso natural. Este é um dos projetos desenvolvidos por instrutores e estudantes da Escola SENAI da Construção, em Cuiabá, que está concorrendo durante a 12ª Semana Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI). O evento, que começou na terça-feira (6), segue até esta quinta-feira (8) na capital matogrossense. O objetivo é estimular o interesse de estudantes para a criação de soluções criativas aos mais diversos desafios mundiais nas áreas de energia, educação, agricultura, comunicação e saúde.

O tema deste ano é ‘Luz, ciência e vida’, que tem como inspiração a nomeação feita pelas Nações Unidas ao intitular o ano de 2015 como o Ano Internacional da Luz e das Tecnologias baseadas em Luz . “Todo estudante busca por essa luz do conhecimento, que abre as portas e revela caminhos. O que fazemos no SENAI é estimular nossos jovens ao pensamento crítico, criativo e autêntico. Queremos formar profissionais que façam a diferença onde trabalham e na sociedade, e está dando certo”, afirma a diretora regional, Lélia Brun.

No caso do projeto de Irrigação Eficiente, desenvolvido pelos professores Sebastião Dussel, Nelson da Silva Lima Filho e Pedro da Silva Moura e a estudante Patrícia Fernanda Nascimento, a estimativa o desperdício de água seja reduzido em 30%, um ganho importante no que se refere à eficiência energética. Outro projeto apresentado pelo SENAI de Mato Grosso é o Ecoponto, que prevê a instalação de um sistema automático e ecológico de estímulo ao uso de bicicletas na cidade de Cuiabá.

O projeto prevê que o aluguel ocorra por meio do cartão do ônibus, além disso, as bicicletas seriam equipadas com um sistema que recolhe a energia gerada pelo ciclista e devolve para a mesma, quando necessário (uma subida íngreme, por exemplo). Além da redução na emissão de gases nocivos, o transporte estimularia a prática de exercícios físicos, redução do trânsito e congestionamento da capital. O projeto foi conduzido pelos professores Carlos Henrique Maidana, Vânia Lourenço de Oliveira e Jocely Rosanna da Silva Nogueira, além do estudante Matheus Furquim.

Também concorre durante a mostra o ‘Bloco de concreto com adição de raspas de borracha’, desenvolvido pelas estudantes do curso técnico em Edificações, Andreza Paula dos Santos, Luana Nolli Fernandes e Weverton Costa Gonçalves, coordenadas pela professora Cristiane Marafon. O projeto teve o apoio de uma empresa de molde de blocos e outra de pneus. “Nosso objetivo foi encontrar um destino mais útil aos pneus que são jogados fora. Com os experimentos conseguimos construir blocos ecológicos que têm a resistência necessária para as construções. As empresas gostaram e isso nos deixou ainda mais motivadas para buscar novas ideias de melhoria para produtos que já existem no mercado”, revela a estudante Luana.

Também estão em exposição durante a mostra o Bloco de Concreto com Adição de Polímeros, da Escola SENAI da Construção, o colete a prova de balas com proteção para pescoço e partes íntimas, do SENAI de Cuiabá, e o Processo de Consumo e Geração de Energia em Edifícios Inteligentes, da Faculdade SENAI de Tecnologia (Fatec).

RONDONÓPOLIS - Durante o mês de outubro, a cidade de Rondonópolis sediará três grandes eventos de inovação. Dia 18 ocorrerá a Feira Científica e Tecnológica, que faz parte da 12º SNCTI. O evento contará com a exposição de cinco projetos inovadores, desenvolvidos por professores e estudantes da Unidade SENAI de Rondonópolis. Já nos dias 26 e 27 de outubro haverá o Gran Prix de Inovação Etapa Escolar, que pretende lançar aos estudantes do SENAI os desafios propostos pela indústria, a fim de gerar soluções criativas e sustentáveis. No dia 28 será a vez do Workshop Edital SENAI SESI de Inovação para empresários, que poderão compreender melhor as regras e possibilidades para a submissão dos projetos.

Relacionadas

Leia mais

Estudantes do SESI Bahia participam de feira de ciências nos Estados Unidos
Os 10 cursos do SENAI mais buscados pelas mulheres
SENAI é reconhecido pelo Google como referência no uso de tecnologias educacionais

Comentários

brazino777 Mapa do site